Texto com a fala do FAS na abertura da X Conferência da Cidade de São Paulo


Boa tarde.

Em nome do Fórum Municipal de Assistência Social da Cidade – FAS/SP saúdo a todas (os) participantes da X Conferência Municipal de Assistência Social: Delegados, Observadores, Convidados, a Mesa, e aos que estão trabalhando nos bastidores deste evento tão importante.

Nós Fórum sentimos  confiantes por mais uma Conferência, recordando que, se não fosse pela militância e por acreditar que fazemos  a diferença, as três primeiras não teriam acontecidas, por isto a Cidade de São Paulo  tem uma conferência a mais em relação aos demais municípios brasileiros.
Neste ano o FAS completou 20 anos de trabalho com desafios e conquistas,.... e mais uma vez nesta X Conferência nos reunimos com um único objetivo de olhar para Política de Assistência Social, visando a cumprimento da Lei que rege nossa pátria amada.
SOMOS FILHOS DESTA CIDADE ......, defendemos a igualdade de oportunidades, acolher quem dela necessita respeitar as diferenças, incentivar o protagonismo dos usuários, viabilizar meios da superação da extrema pobreza ....da nossa CIDADE.
São Paulo, cidade rica...........mas será somente para OS RICOS?? ......NÃO.... A CIDADE É NOSSA TAMBÉM ...... Todo brasileiro ou estrangeiro que escolhem  viver aqui, tem o direito de viver, se divertir e trabalhar com dignidade e usar os serviços públicos com qualidade e efetividade.
Por isto almejamos que o Sistema Único de Assistência Social – SUAS, seja de fato implantado nesta cidade, com expansão de Centros de Referência de Assistência Social – CRAS..... e os Centros de Referência Especial de Assistência Social – CREAS, conforme preconizados na Lei, Recursos Humanos...., Equipamentos Adequados..., Formação continuada de forma planejada, para que os trabalhadores da Rede SUAS de forma geral.... possam participar sem prejuízo do seu cotidiano.
Neste mesmo sentido..... as Entidades de Assistência Social, se incorporando da Política de Assistência Social, como direito do usuário em situação de vulnerabilidade social e não mais o sistema de favor...., mas sim visando o Protagonismo e Autonomia destes cidadãos... e tendo em seu quadro de trabalhadores.... profissionais aptos e competentes .... a exercerem a Política Social, na sua plena essência de garantia de direitos
Aos usuários da Assistência Social, vocês que estão participando desta Conferência, tenham a segurança do que lhes são oferecidos como serviço, é direito e não favores, tenham a ousadia de reivindicá-los na qualidade e efetividade, aqui e em todos os serviços que necessitarem.
Como é sabido por nós, que a plena cidadania se faz pelo conjunto de ações de todas as políticas sociais....., já se faz tarde o compromisso intersetorial, com protocolo de responsabilização de execução......
Não dá mais a Assistência Social arcar os ônus da mazela que se instalou na nossa cidade.
Não dá mais ver nossos semelhantes morrem e serem mal tratados pelas ruas da cidade.
Não dá mais ver nossas crianças... jovens.... famílias a mercê do Poder Paralelo.
É injusto.....trabalhar com dedicação e profissionalizamos, mas sem ter de fato uma rede intersetorial, com Referência e Contra Referência,.... de tal modo que podemos dizer,.... sentir, ....e fazer parte desta gente que vai colocar esta cidade  no status...... “O lugar bom de viver”.

Enfim teremos mais dois dias de intensos trabalhos, tendo como tema central: “A Gestão e o Financiamento na efetivação do SUAS......  o nosso compromisso é analisar de forma democrática e participativa a Política de Assistência Social da nossa cidade,.... das dificuldades,... avanços e..... principalmente suas potencialidades.

Contribuindo com proposituras eficientes e eficazes para a população e para esta compreensão estaremos empenhados nos grupos de trabalhos com os seis eixos que direcionaram as prés-conferências , com o olhar sobre as Gestões:
·       Orçamento e Financiamento conforme todo processo regulatório de forma transparente e participativa de todos interessados;
· Vigilância Socioassistencial, com foco no diagnostico da realidade territorial, visando a proteção e principalmente a prevenção com ações eliminam a porta de entrada da proteção especial;
·      Do Trabalho, qualidade, valorização, formação conforme: Política Nacional de Educação Permanente e  Norma Operacional Básica de Recursos Humanos – SUAS e a efetivação da Intersetorialidade;
·       Dos Serviços, Programas e Projetos, com a extinção do assistencialismo, e sim na qualidade e efetivação do Protagonismo e Autonomia dos usuários;
·       Benefícios, como garantia e segurança no enfrentamento das desigualdades sociais, oportunizando o mínimo de qualidade de vida, visando o fortalecimento do usuário para condução de sua vida;
·       Regionalização, com o olhar técnico e humano, resguardando a cultura, diversidade local e assegurando serviços conforme a necessidade da cidade;

São nestas perspectivas que o Fórum Municipal de Assistência Social – FAS..... se faz presente e atuante nesta Conferência, desejando um ótimo trabalhar o todo nós.
Obrigada.
Célia Borba de Souza.
Coordenadora adjunta.
                                                              

São Paulo, 04 de Setembro de 2013
Texto com a fala do FAS na abertura da X Conferência da Cidade de São Paulo Texto com a fala do FAS na abertura da X Conferência da Cidade de São Paulo Reviewed by Unknown on 15:45 Rating: 5

Um comentário

  1. Anônimo7/9/13

    A Célia me representa... senti orgulho de se militante da Assistencia Social ...

    ResponderExcluir

Muito obrigado pelo seu comentario

Total de visualizações de página