Conheça o novo secretário da Educação de São Paulo

Cesar Callegari

Área de Atuação Profissional
Gestão de políticas, programas e instituições públicas nos setores de educação, cultura, ciência e tecnologia.

Formação
Sociólogo, pós-graduado em Sociologia e Política.

Cargos
Secretário de Educação Básica do Ministério da Educação.
Membro da Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação.
Membro do Conselho de Acompanhamento e Controle Social do FUNDEB no âmbito da União.
Membro do Comitê Nacional de Políticas de Educação Básica Diretor de Operações do Serviço Social da Indústria - SESI (SP).
Membro do Conselho de Governança do Movimento Todos pela Educação.
Presidente da Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação (2008/2010).
Presidente do Instituto Brasileiro de Sociologia Aplicada - IBSA Secretário Municipal de Educação Cultura Ciência e Tecnologia de Taboão da Serra - SP (2005/2009).
Presidente da Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação (2004/2006).
Coordenador do Escritório de Representação do Ministério da Ciência e Tecnologia no Estado de São Paulo (2003/2006).
Secretário Executivo do Ministério da Ciência e Tecnologia (2003/2004).
Presidente do Conselho de Administração da FINEP (2003/2004).
Professor-Coordenador de Pesquisa e Pós-Graduação da UniFMU (2003).
Deputado Estadual em São Paulo (1995/2003).

Menções Honrosas
Foi condecorado pelo Presidente da República com a Medalha Grã Cruz do Mérito Científico (2004). Foi homenageado pelas Entidades Nacionais organizadoras do "1º Encontro Nacional sobre o Ensino de Sociologia e Filosofia" (2007), pela contribuição à favor da inclusão das disciplinas de Sociologia e Filosofia no currículo das escolas de ensino médio brasileiras.

Experiência Profissional Anterior
Diretor Executivo da Fundação para o Desenvolvimento da Educação - FDE, (1991/1994), onde coordenou programas de formação e aperfeiçoamento de recursos humanos para o ensino público, programas de manutenção e expansão da rede física das escolas estaduais, programas de tecnologia educacional e outras atividades complementares de apoio às políticas públicas estaduais na área da educação, voltadas, na época, à reforma do ensino público no Estado de São Paulo.
Membro do Conselho Superior da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (1987/1995).
Diretor do Instituto de Estudos Municipais da FESPSP (1988/1994).
Diretor da Escola de Sociologia e Política de São Paulo (1991/1993).
Chefe de Gabinete da Secretaria de Estado da Educação e Presidente do Conselho Fundação para o Desenvolvimento da Educação (1987/1988).
Chefe de Gabinete da Fundação Prefeito Faria Lima – CEPAM (1984/1987) onde, além de outras atividades, reorganizou os programas de formação de recursos humanos para a administração municipal e implantou o Projeto RECEM - Rede de Comunicação de Experiências Municipais.
Técnico em Pesquisa no SENAI - Departamento Regional de São Paulo (1978/1984), sendo autor de várias publicações técnicas sobre demanda de mão-de-obra e necessidades de formação profissional.
Secretário Executivo do Ministério da Ciência e Tecnologia (2003/2004), onde ocupou o cargo de Ministro interino. Foi o responsável pela correção no valor das bolsas do CNPq, que estavam congeladas há 10 anos e pela implantação do programa Importa Fácil, mecanismo que facilita a importação de insumos para pesquisadores brasileiros.
Coordenador dos Fóruns de Inovação Tecnológica e Inclusão Social realizados no Estado de São Paulo, entre 2005 e 2006, pelo Ministério da Ciência e Tecnologia com o objetivo de identificar instituições públicas e privadas relacionadas ao tema da inovação tecnológica, bem como, arranjos produtivos emergentes e construir redes de cooperação.
Secretário Adjunto e Chefe de Gabinete da Secretaria de Estado da Cultura,(1988/1991), onde coordenou a implantação de programas de formação de recursos humanos para a cultura a partir da criação das Oficinas Culturais e da Universidade Livre de Música.
Membro do Conselho Curador da Fundação Padre Anchieta - Rádio e Televisão Cultura (1997/1998).
Eleito deputado estadual em São Paulo com 36.636 votos (1.994).
Reeleito Deputado Estadual em São Paulo com 30.657 (1.998.
Eleito pelo "Movimento Voto Consciente", por duas vezes, entre os melhores deputados estaduais de São Paulo (1998 e 2002).
Presidente da Comissão de Educação. Presidente da CPI da Educação, que demonstrou que o Governo do Estado havia desviado R$ 4,7 bilhões do ensino público.
Autor da proposta do Plano Estadual de Educação.
Criador do Parlamento Jovem.
Autor de várias Leis e Projetos de Lei nas áreas de educação, cultura, ciência e tecnologia.

Veja o perfil completo em: http://www.cesarcallegari.com.br/v1/arquivos/curriculo_integral.pdf

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

URGENTE! PUBLICADO A SENTENÇA ARBITRAL DO DISSÍDIO COLETIVO DA CATEGORIA!

Legislação Participativa debate direito à assistência social e financiamento do setor

PREFEITO ANUNCIA PRORROGAÇÃO DA ANUALIDADE E OUTRAS MEDIDAS EM REUNIÃO COM O FAS