Saiu na Imprenssa: videos e matérias sobre a ação da GCM sobre os Moradores de Rua

* Prefeitura de São Paulo orienta guardas a agir com força contra moradores de rua


O medo é o sentimento que impera entre os moradores de rua na capital paulista. A repressão da Guarda Civil Metropolitana (GCM) criou um verdadeiro clima de terror na vida dessas pessoas. Eles se recusam a dar entrevista com receio de retaliações dos policiais. Desde o final do ano passado, um documento do comando da Guarda orienta os GCMs a agir com força contra essa população. A norma tem o aval do secretário municipal de Segurança Urbana, Edson Ortega. O defensor público Carlos Weis considera inconstitucional a atuação de guardas metropolitanos na repressão aos moradores de rua. O padre Julio Lancelotti se reúne nesta quinta-feira, 19, com representantes da Defensoria e do Ministério Público, para discutir mecanismos de proteção para essas pessoas. Reportagem de Lúcia Rodrigues


Confira o audio completo  da materia:



http://www.redebrasilatual.com.br/
Publicado em 19/07/2012, 08:07


SBT Brasil

SBT registra mendigos agredidos pela Guarda Civil Metropolitana

publicado em 17/7/2012 às 18:00






Não visualiza o video? veja ele no site da SBT : http://goo.gl/kvjih


Mais uma vez, como em flagrantes mostrados em reportagens no ano passado, o jornalismo do SBT revela agressões e humilhações cometidas pela Guarda Civil Metropolitana contra moradores de rua, no centro de São Paulo.  

Veja depoimentos de pessoas que sofreram com os abusos dos GCMs, e confira com exclusividade as ações violentas da Guarda Civil Metropolitana na série de reportagens do SBT Brasil. 


* Imagens flagram GCM tirando roupas e documentos de mendigos


publicado em 18/7/2012 às 20:38



* Não visualiza o video? veja ele no site da SBT : http://goo.gl/7fhTx


Na Praça do Patriarca, no centro de São Paulo, um grupo de teatro flagrou e registrou imagens de membros da Guarda Civil Metropolitana e funcionários da prefeitura apreendendo roupas, cobertores, colchões e documentos de pessoas que moram nas ruas.

Segundo morador de rua, a GCM não revela como é possível recuperar os pertences que são levados. "Eles não dizem! Eles só pegam e jogam tudo dentro do caminhão. Agora, pra onde vai, ninguém fala".

De acordo com a Defensoria Pública, a ação de retirada de objetos dos mendigos pode ser enquadrada como roubo pela lei brasileira, mesmo sendo feita por um agente público.

Para o Ministério Público, a subtração de objetos e as agressões aos moradores de rua, feitas pela Guarda Civil Metropolitana, são mais do que agressões.

Em um documento entre a guarda e a Secretaria Municipal de Segurança Urbana, está escrito que a GCM tem que retirar do centro as "pessoas em situação de rua acampadas ou deitadas nos bancos, plantas, jardins ou os trechos de uso público". Ordem deve ser cumprida pelos guardas civis "mediante a utilização dos meios necessários".



* Mais Videos





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

URGENTE! PUBLICADO A SENTENÇA ARBITRAL DO DISSÍDIO COLETIVO DA CATEGORIA!

Legislação Participativa debate direito à assistência social e financiamento do setor

PREFEITO ANUNCIA PRORROGAÇÃO DA ANUALIDADE E OUTRAS MEDIDAS EM REUNIÃO COM O FAS