Tratamento de dependentes custa 4 vezes mais




A Prefeitura vem pagando quatro vezes o valor de mercado para tratar viciados em droga em um espaço adaptado onde funcionava um motel, em Heliópolis, em vez de investir em serviços próprios ou criar atendimento de internação a dependentes químicos em espaço modernos como o recém-inaugurado Complexo Prates.
De acordo com o Sistema de Orçamento e Finanças (SOF) da Prefeitura, a Secretaria Municipal da Saúde tem pago, desde o início do ano, cerca de R$ 1,5 milhão mensais para utilizar 80 leitos de internação no Serviço de Atenção Integral ao Dependente (Said)  da Avenida Almirante Delamare, no Ipiranga. Na média, a diária paga custaria R$ 650, ou R$ 19,5 mil por mês, por cada paciente no espaço.
Cada dependente químico custa R$ 19,5 mil por mês para ser tratado no local, onde antes funcionava um motel
Em pesquisas em três clínicas particulares de internação para desintoxicação, o Metrô News apurou que, na média, o valor do serviço tem diárias de cerca de R$ 170 ou mensalidades de cerca de R$ 4,5 mil a R$ 5 mil. O valor é cerca de quatro vezes menor que o pago pela Prefeitura à Sociedade Hospital Samaritano pelo gerenciamento do espaço, que conta com 14 leitos na ala feminina adulta, 26 no adulto masculino, 24 na feminina infantil e adolescente e 16 para adolescência masculina.
Para o presidente da Comissão de Saúde da Câmara, o vereador Jamil Murad (PC do B), que soube da denúncia pela reportagem, a situação precisa ser apurada e, por isso, ontem, fez um requerimento de informação junto à Saúde para que envie cópia deste contrato.
“Assim cumpro o papel de fiscalizador, o dever de proteger o patrimônio público, mas ao mesmo tempo apuro com transparência para proteger o sistema de saúde mental que quero criar e ampliar”, disse.
Lucas Pimenta

19 de junho de 2012 - 08:02

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

URGENTE! PUBLICADO A SENTENÇA ARBITRAL DO DISSÍDIO COLETIVO DA CATEGORIA!

Legislação Participativa debate direito à assistência social e financiamento do setor

PREFEITO ANUNCIA PRORROGAÇÃO DA ANUALIDADE E OUTRAS MEDIDAS EM REUNIÃO COM O FAS