CPI da Acessibilidade : entidades pedem maior representação em Conselho

As entidades que auxiliam pessoas com deficiência querem mais representantes no Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (CMPD), conforme reivindicação levada nesta terça-feira à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Acessibilidade.

A categoria solicitou que as alterações previstas no projeto de lei 520/2008, do Executivo, que está em tramitação na Câmara Municipal e prevê ampliação do CMPD, sejam aprovadas rapidamente.

De acordo com o presidente da CPI, vereador Gilberto Natalini (sem partido), a reivindicação é justa. "O processo está em tramitação há muito tempo. No entanto, ao ouvir as reclamações de representantes de entidades civis, pretendemos fazer com que a tramitação tenha maior rapidez", disse.

Para Clarice Kramer, representante do Núcleo Regional (um dos setores representantes da sociedade civil no CMPD), "o Conselho foi criado há mais de 20 anos, em uma época em que não existiam as organizações não-governamentais, e agora queremos uma maior representatividade para facilitar o nosso acesso ao Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Portadora de Deficiência".

DEFICIENTES AUDITIVOS
Durante a reunião da CPI, representantes da Divisão de Educação e Reabilitação dos Distúrbios da Comunicação (Derdic), da Pontifícia Universidade Católica (PUC), falaram sobre como as políticas públicas podem auxiliar pessoas com deficiências auditivas e de comunicação. 

Segundo Priscilla Roberta Gaspar de Oliveira, da Derdic, as discussões com o poder público são fundamentais para a inclusão. "Precisamos falar das dificuldades que encontramos no nosso dia-a-dia, como, por exemplo, no atendimento em hospitais, quando há necessidade de chamar a polícia ou os bombeiros. Mas a cidade de São Paulo, em relação à questão da acessibilidade, está sendo seguida, principalmente por não terem fechado as escolas municipais para pessoas com deficiência auditiva", explica Priscilla.

A Derdic oferece atendimento a pessoas com deficiências auditiva ou de comunicação, seja por meio de cursos ou de qualificação profissional. O vereador Natalini afirmou que a CPI visitará o local para entender como é realizado o trabalho da instituição.

(21/06/2011 - 13h42)

CPI da Acessibilidade : entidades pedem maior representação em Conselho CPI da Acessibilidade : entidades pedem maior representação em Conselho Reviewed by Juan on junho 21, 2011 Rating: 5

Nenhum comentário

Muito obrigado pelo seu comentario