Violência nas escolas será debatida em audiência pública no Senado

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) realiza na próxima segunda-feira (18), às 9h, audiência pública para debater a ocorrência de violência nas escolas, em razão dos últimos casos de agressão ocorridos no país.

No último dia 7, um jovem invadiu e atacou alunos da Escola Municipal Tasso da Silveira, localizada no bairro de Realengo, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, o que resultou na morte de 12 adolescentes. Outros cinco continuam internados em hospitais do Rio.

Para o debate, foram convidados o presidente da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), Yann Evanovick; o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Roberto Franklin de Leão; e a subsecretária para Educação Integral, Cidadania e Direitos Humanos do Distrito Federal, Gícia de Cássia Falcão.

Também serão ouvidos o presidente da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), Antônio Geraldo; o presidente da Sociedade de Psicanálise de Brasília, Luciano Wagner Guimarães Lírio; o representante no Brasil da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), Vincent Defourny; e a diretora do Sindicato dos Professores do Distrito Federal (Sinpro-DF), Rosilene Correia, que coordena a campanha "Quem bate na escola maltrata muita gente".

A CDH é presidida pelo senador Paulo Paim (PT-RS). 

Paulo Sérgio Vasco / Agência Senado
(Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)
COMISSÕES / DIREITOS HUMANOS
14/04/2011 - 16h59 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PREFEITO ANUNCIA PRORROGAÇÃO DA ANUALIDADE E OUTRAS MEDIDAS EM REUNIÃO COM O FAS

PUBLICADO PORTARIA 01/SMADS/2020 QUE TRATA DOS REAJUSTES DOS CONVÊNIOS

PREFEITURA ANUNCIA REAJUSTE DOS CONVÊNIOS EM 3,7% RETROATIVO A JANEIRO DE 2020