12 de Novembro, é o dia Municipal da Assistência Social.



Nos momentos de calamidades e tragédias do paulistano, lá está o profissional de Assistência Social.  Após dos despejos, de imóveis invadidos; nos incêndios em favelas e  bairros alagados. Nas crises de dependência química, e logo dos processos criminais  : lá, está o Trabalhador Social. 

É o profissional que  possibilita a recuperação  da autonomia e a dignidade das pessoas quando são vulnerabilizados socialmente.


A Assistência Social é a coluna vertebral das Políticas Sociais. Por sua mediação, o cidadão usufrutua  de seus direitos sócio-assistências: Direito a Habitação, Saúde, Educação, Segurança Alimentar, Inclusão produtiva e  principalmente contenção no momentos críticos de sua vida.


O Índice Paulista de Vulnerabilidade Social (IPVS) indica que: 3.671.822  de paulistanos são considerados vulneráveis, com caracterização  de “Media”, “Alta” e “Muito alta”.
Quais são  motivos?:  doenças crônicas, dependência química, pobreza, violência doméstica , desabrigo, desemprego ou quebra de vínculos  familiares. Estima-se que só uma parte deles, fazem o usufruto de seus direitos sociais,.


E o resto..?

A vulnerabilidade , são fraturas no corpo social,  constatadas em pessoas e grupos  de risco dentre os quais se destaca:
- um grande número de famílias fragilizadas;
- população em situação de rua;
- crianças e adolescentes vitimas de abusos e abandono;
- mulheres em situação de violência;
- crianças, adolescentes e jovens em condição de drogadição ou exploração;
-grande número de pessoas com deficiência mental desprotegidos;
- idosos desassistidos em seus direitos.
São homens e mulheres protagonistas e destinatários de proteção.

São Paulo, é a cidade onde criou-se o SUAS (Sistema Único de Assistência Social) e vive um paradoxo: não todos os paulistanos podem exercer seus direitos socio-assistências. 


Só destina-se para eles o 2,7% do Orçamento Municipal para esse fim. O Indicado é um 5%.

Por que acontece isso?

Estas, e outras respostas, queremos encontrar neste dia 12 de Novembro, Dia Municipal da Assistência Social : Direito Universal: construção e responsabilidade de todo@s

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

URGENTE! PUBLICADO A SENTENÇA ARBITRAL DO DISSÍDIO COLETIVO DA CATEGORIA!

Legislação Participativa debate direito à assistência social e financiamento do setor

PREFEITO ANUNCIA PRORROGAÇÃO DA ANUALIDADE E OUTRAS MEDIDAS EM REUNIÃO COM O FAS