Relatório de visita a Praça Marechal Deodoro e região

Objetivo: avaliar situação de moradores de ruas e localizar moradores com deficiência
no local, baseado em denúncia da instituição APABB.
•Conforme solicitado segue relato de vistoria, trecho compreendido entre a Angelica e metro
Santa Cecilia( Minhocão).

Registro Fotográfico do local demonstra:
Cerca de trinta pessoas com diversos tipos de problemas HIV(maioria), câncer, protese na perna, mobilidade reduzida, maior número de usuários de crack.
•A maioria não quer ficar no albergue devido a maus tratos furtos de objetos pessoais e horário.
•As mulheres se queixam da falta de opção de locais só para mulheres.
•Os que precisam de medico reclamam que alguns exames de urgencia chegam a demorar
mais de seis meses para serem realizados.
•Nas imediações existe uma quantidade muito grande de usuários de crack que gostariam dese tratar mais não conseguem local.
•Nem todos puderam ser fotografados, o moradores reclamam que existe uma ação por parte dos comerciantes afim de inibir a presença destes moradores durante a noite.Esta ação consiste em pessoas contratadas pelos comerciantes que agem de maneira violenta agredindo-os com pedaços de pau e fios.
•Existe um local conhecido como Castelinho que distribui alimento para os moradores.
•Algumas pessoas comentam que na casa Boracéia na Barra Funda funcionarios vendem crack e permitem uso no local.
Durante a vistoria agentes de Saúde visitavam o local.

Gabinete da vereadora Mara Gabrilli – Vaiduto Jacareí, 100 – 4º andar – sala 422
Resp. visita: Fábio Batista
assessor de gabinete
Contato: fbatista@maragabrilli.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

URGENTE! PUBLICADO A SENTENÇA ARBITRAL DO DISSÍDIO COLETIVO DA CATEGORIA!

Legislação Participativa debate direito à assistência social e financiamento do setor

PREFEITO ANUNCIA PRORROGAÇÃO DA ANUALIDADE E OUTRAS MEDIDAS EM REUNIÃO COM O FAS